Conhecermo-nos e conhecer algo sobre si


É possível que não nos queiramos conhecer por termos medo daquilo que podemos encontrar. Há muitas pessoas que têm um medo secreto de ser más. Mas nada do que possa descobrir sobre si próprio é realmente você. Nada do que possa conhecer sobre si é verdadeiramente você.

Enquanto algumas pessoas não querem saber quem são devido ao medo que sentem, outras têm uma curiosidade insaciável sobre si próprias e desejam descobrir sempre mais. Podemos estar tão fascinados connosco que passamos anos a fazer psicanálise, esmiuçando todos os aspetos da nossa infância, desvendando medos e desejos secretos e descobrindo camadas e camadas de complexidade na composição da nossa personalidade e do nosso caráter.

Volvidos dez anos, o terapeuta pode ficar farto de nós e da nossa história e dizer-nos que a nossa análise está finalmente completa. Talvez nos mande embora com um dossier de cinco mil páginas. «Isto é tudo sobre si. Isto é quem você é.» À medida que carregamos o pesado dossier para casa, a satisfação inicial de pelo menos sabermos quem somos depressa se transforma numa sensação de incompletude e numa vaga suspeita de que deve haver mais qualquer coisa sobre nós próprios do que isso. E, de facto, há mais – talvez não em termos quantitativos de haver um maior número de factos, mas na dimensão da profundidade.

Eckhart Tolle – Um Novo Mundo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: