Quando uma mulher encaixa seu filho nas ancas

Quando uma mulher encaixa seu filho nas ancas, integrando-o a seu corpo, está pronta para o próximo passo. Ela sabe que suas ancas de mulher servem como suporte perfeito pra carregar seu filhote.
Quando uma mulher encaixa seu filho nas ancas, toda a ancestralidade a acompanha neste gesto. Mulheres já choraram, já atravessaram desertos, já foram a encontros, reencontros e desencontros com o filho nas ancas. Há algo de arquetípico neste ato, algo que prepara a mulher para a ação iminente, mas não apenas apenas a mulher, mas a mulher-mãe, aquela que é inseparável do filho, aquela que o acopla firmemente em si e segue para o que tiver que seguir. Seja lá o que for, ela está pronta.
Quando uma mulher encaixa seu filho nas ancas, todas as deusas vêm em seu auxílio, ela se harmoniza com a natureza, seus pés recebem as bençãos da terra e seus cabelos o afago dos céus. No peito a coragem, na face o olhar destemido. Ela carrega o futuro, ela carrega um príncipe, ela carrega o vir a ser da humanidade. Ela sabe disto, portanto, ah, meus senhores, saiam da frente quando uma mulher vier carregando o filho nas ancas.
Neste momento se apresenta uma guerreira.
Neste momento se apresenta Deméter.
Neste momento é a própria Gaia que surge, com o filho amado encaixado nas ancas.

Nina Zobarzo

Imagem asmina



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: