Liberdade Emocional

Você sabe o que é liberdade emocional?

O quanto você é capaz de fazer escolhas a partir de um ponto de vista que não interfira na sua saúde física e emocional?

O quanto você sabe dizer não em situações que deveria se esquivar  ou se nega demais?

O quanto você reconhece que a atitude do outro te faz mal, conseguindo administrar de forma positiva a situação?

Você consegue identificar a sua inteligência emocional quando consegue fazer escolhas sem prejudicar o outro, porém, protegendo a si.

Tantas vezes num círculo vicioso vai vivendo situações qual não conseguem se desprender, sem a consciência de quão está preso as essas situações negativas. Aprisionado nas emoções reativas, as escolhas inconscientes vão simplesmente repetindo sua rotina dia após dia. Sem a consciência que poderia transformar aquele meio.

Ficamos, sim! Escravos do comportamento por espera de aprovação ou repetição de padrão.

Tudo pode começar na infância, persiste na adolescência e pode se tornar insuportável na vida adulta.

O que nos mantém escravos submissos as pessoas e situações, são sentimentos ruins, necessidades de aceitação que precisam ser reconhecidos e liberados para não gerar depressão ou doenças físicas/emocionais. Muitas são as vezes que o coração está olhando para o abandono gerado pelas gerações; a culpa, ressentimentos , mágoas te pressionam dando a falsa sensação de liberdade através das escolhas que limitam o amadurecimento emocional.

Tudo é uma questão de olhar, reconhecer para libertar. Nada do que não temos consciência é capaz de ser curado, por isso a necessidade de uma terapia que o leve ao autoconhecimento.

O autoconhecimento é a fonte da cura, os primeiros passos para a transformação para o caminho da
LIBERDADE EMOCIONAL.

Selma Flavio – Psicoterapeuta / Constelação Familiar



Terapia Cognitivo- comportamental / Tcc

Saúde Mental

A maior parte das pessoas, quando ouve falar em “Saúde Mental”, pensa em “Doença Mental”. Mas, a saúde mental implica muito mais que a ausência de doenças mentais.
Pessoas mentalmente saudáveis compreendem que ninguém é perfeito, que todos possuem limites e que não se pode ser tudo para todos. Elas vivenciam diariamente uma série de emoções como alegria, amor, satisfação, tristeza, raiva e frustração. São capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio e sabem procurar ajuda quando têm dificuldade em lidar com conflitos, perturbações, traumas ou transições importantes nos diferentes ciclos da vida.
A Saúde Mental de uma pessoa está relacionada à forma como ela reage às exigências da vida e ao modo como harmoniza seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções.

Ter saúde mental é:

  • Estar bem consigo mesmo e com os outros;
  • Aceitar as exigências da vida;
  • Saber lidar com as boas emoções e também com aquelas desagradáveis, mas que fazem parte da vida;
  • Reconhecer seus limites e buscar ajuda quando necessário.

Segundo a ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE:

É o estado de bem-estar no qual um indivíduo realiza suas próprias habilidades, consegue lidar com as tensões normais da vida, trabalhar de forma produtiva, mantes relações interpessoais saudáveis, formar vínculos afetivos e fazer contribuições à sua comunidade.

Terapia Cognitivo-Comportamental / TCC

A terapia cognitivo-comportamental, ou simplesmente TCC, é uma abordagem da psicoterapia que tem como foco entender a maneira como cada pessoa interpreta os acontecimentos, ou seja, concentra-se em identificar como você enxerga, pensa ou sente as situações.

Seu principal objetivo é encontrar padrões de comportamento, compreensão, crenças e hábitos que originam os problemas para, depois, buscar formas de alterar essas percepções de maneira positiva.

É uma terapia que se aprofunda na fala do paciente e este é o motivo pelo qual as mudanças costumam ser efetivas e duradouras: por meio da comunicação, o terapeuta vai entendendo e identificando as concepções equivocadas e, em cima de cada uma delas, encontra mudanças que possibilitam uma boa adaptação à realidade.

Como funciona a terapia cognitiva comportamental

Tem como principal objetivo corrigir os pensamentos distorcidos e aliviar os sintomas depressivos, de forma sócio educativa, direcionando o paciente a compreender seu estado emocional, facilitando as tomadas de decisões, direcionando para a conquistas de novos desafios. Na compreensão dos efeitos qual os transtornos causam na vida, promove as habilidades para lidar com as situações indesejáveis, em sua reinterpretação, levando a resultados positivos.

O terapeuta oferece ao cliente técnicas e atividades que auxiliam na mudança de pensamentos e crenças, permitindo desenvolver o autoconhecimento e a tomada consciente de suas escolhas.

Identificando as distorções cognitivas, auxiliando a reconhecê-las para que possam substituir suas visões negativas do seu processo emocional por habilidades positivas.

O que pode ser tratado

É indicada para todas as pessoas, em vários âmbitos da vida. No tratamento dos transtornos como TOC, ansiedade, depressão, depressão mórbida, depressão pós-parto, bipolaridade, fobias, traumas, dependência química, transtornos alimentares, escolhas profissionais, luto, separações, perdas, desenvolvimento pessoal, dificuldade no relacionamento, dificuldade na adolescência e crise da maturidade.

Auxiliando o empoderamento do paciente em:

  • Ter autonomia para compreender e distinguir a realidade de seus pensamentos negativos.
  • Clareza de seus pensamentos e sentimentos, de forma fluidifica e vital.
  • Conquistar a habilidade para interromper seus processos internos negativos.
  • Ter instrumentos para que possa auxiliar a si, num momento de crise.

Selma FlavioFormação em Pedagogia – Psicoterapeuta na especialização em Terapia Cognitivo-Comportamental ( terapia para transtornos mentais); Constelação Familiar Sistêmica; Especialista em Terapia Floral, Profª Curso Internacional Healingherbs .

Fale comigo linktr.ee/selma.flavio

Contato 11 973873144
Local: Aura Quartz – Rua Visconde de Itaboraí , 360 –  próximo ao Metrô Tatuapé


Avaliação: 5 de 5.