Abuso psicológico – Você pode estar vivendo essa situação sem saber.

Assistindo Maid – Netflix, me identifiquei muitas vezes no papel personagem principal, Alex.  O quão  é complexo enxergar as verdadeiras dificuldades da vida, o quão machuca e drena as energias.

                O gritante e não ouvido, nem percebido muitas vezes, é estar dentro do abuso psicológico, pois não deixa marcas físicas; acreditando que tudo está certo se permite perpetuar na situação. A família não vê, os amigos não percebem nem mesmo você se dá conta do que acontece. Pois, o outro é o cara bacana, – bacana para os outros.

                Quando se percebe já está adoecida, presa numa situação aparente sem saída. Precisa muito mais que força, precisa renascer das cinzas para reconstruir uma identidade.

                A violência psicológica mora dentro de casa, começa muito antes de embarcar num relacionamento, situação que se repetiu em toda sua geração. Todas as “vítimas”” com os olhos velados moldados por uma criação machista de homens adoecidos,  mulheres que sofreram abusos psicológicos e criaram suas filhas da maneira que aprenderam a viver. Aceitando a situação como certo, enlouquecem, num desatino desesperado na esperança de ser amada.

Quantas de vocês acreditam que o bonzinho da história é realmente bonzinho, mas no fundo apenas mais um manipulador, oferecendo tudo, desde que seja do jeito dele. Estar com a alma ferida, sempre as leva para ciladas de relacionamentos. Enquanto não for visto, olhado, ressignificado tudo se repete, se não com os companheiros, com amigos e até mesmo com os chefes do seu trabalho. Alguém vai representar a sua história.

O mundo diz não, você não pode ser feliz, pois foi assim que aprendeu a viver. Precisa ter força e coragem para olhar sua vida e transformá-la. Dói, mas é curador!

“A árvore genealógica, por inércia quererá continuar a manter o curso castrador e tóxico do seu tronco, o que faz a tarefa das nossas “ovelhas negras” um trabalho difícil e conflituoso.”

Bert Hellinger

Selma Flavio – Terapeuta Sistêmica

Quer falar sobre isso?

Continuar lendo Abuso psicológico – Você pode estar vivendo essa situação sem saber.

As chamadas “ovelhas negras”

As chamadas “ovelhas negras” da família são, na verdade, caçadores natos de caminhos de libertação para a árvore genealógica.

Os membros de uma árvore que não se adaptam às normas ou tradições do sistema familiar, aqueles que desde pequenos procuravam constantemente revolucionar as crenças, indo na contramão dos caminhos marcados pelas tradições familiares, aqueles criticados, julgados e mesmo rejeitados, esses, geralmente são os chamados a libertar a árvore de histórias repetitivas que frustram gerações inteiras.

As “ovelhas negras”, as que não se adaptam, as que gritam rebeldia, cumprem um papel básico dentro de cada sistema familiar, elas reparam, apanham e criam o novo e desabrocham ramos na árvore genealógica.

BErt hellinger

Graças a estes membros, as nossas árvores renovam as suas raízes. Sua rebeldia é terra fértil, sua loucura é água que nutre, sua teimosia é novo ar, sua paixão é fogo que volta a acender o coração dos ancestrais.

Incontáveis desejos reprimidos, sonhos não realizados, talentos frustrados de nossos ancestrais se manifestam na rebeldia dessas ovelhas negras procurando realizar-se. A árvore genealógica, por inércia quererá continuar a manter o curso castrador e tóxico do seu tronco, o que faz a tarefa das nossas ovelhas um trabalho difícil e conflituoso.

No entanto, quem traria novas flores para a nossa árvore se não fosse por elas? Quem criaria novos ramos? Sem elas, os sonhos não realizados daqueles que sustentam a árvore gerações atrás, morreriam enterrados sob as suas próprias raízes.

Que ninguém te faça duvidar, cuida da tua ”raridade” como a flor mais preciosa da tua árvore. Tu és o sonho de todos os teus antepassados.

Bert Hellinger – Constelação Familiar

#SejaEstejaSorria#auraquartz #EspaçoAuraQuartz #ovelhanegra #comportamento#familia #constelaçãofamiliar


Junte-se a nós, receba nossos posts e compartilhe!

Junte-se ao Aura Quart, com posts destinados a ajudá-lo desenvolver sua autonomia emocional. Vamos nos concentrar no que te leva a crescer e prosperar.

Continuar lendo As chamadas “ovelhas negras”