A vida te provoca

O mestre, Bert Hellinger, faleceu em faleceu em 19/09/2019. O alemão que já foi padre, deixou o celibato e tornou-se psicoterapeuta e escritor. Tinha 93 anos, é conhecido mundialmente pela criação do método terapêutico “Constelação Familiar”.

Com tanto conhecimento no comportamento humano, estudioso e apaixonado pela verdade humana, nos deixou esse maravilhoso texto, onde nos leva a refletir e a perguntar, por que ainda vivo em algumas situações de conflitos. Reflita e aproveite essas palavras que podem ser curadoras.

“A vida decepciona-o pra você parar de viver com ilusões e ver a realidade.

A vida destrói todo o supérfluo até que reste somente o importante.

A vida não te deixa em paz, para que deixe de culpar-se e aceite tudo como “É”.

A vida vai retirar o que você tem, até você parar de reclamar e começar agradecer.

A vida envia pessoas conflitantes para te curar, pra você deixar de olhar para fora e começar a refletir o que você é por dentro.

A vida permite que você caia de novo e de novo, até que você decida aprender a lição.

A vida lhe tira do caminho e lhe apresenta encruzilhadas, até que você pare de querer controlar tudo e flua como um rio.

A vida coloca seus inimigos na estrada, até que você pare de “reagir”.

A vida te assusta e assustará quantas vezes for necessário, até que você perca o medo e recupere sua fé.

A vida lhe distancia das pessoas que você ama, até entender que não somos esse corpo, mas a alma que ele contém.

A vida ri de você muitas e muitas vezes, até você parar de levar tudo tão a sério e rir de si mesmo.

A vida quebra você em tantas partes quantas forem necessárias para a luz penetrar em ti.

A vida confronta você com rebeldes, até que você pare de tentar controlar.

A vida repete a mesma mensagem, se for preciso com gritos e tapas, até você finalmente ouvir.

A vida envia raios e tempestades, para acorda-lo.

A vida o humilha e por vezes o derrota de novo e de novo até que você decida deixar seu ego morrer.

A vida lhe nega bens e grandeza até que pare de querer bens e grandeza e comece a servir.

A vida corta suas asas e poda suas raízes, até que não precise de asas nem raízes, mas apenas desapareça nas formas e seu ser voe.

A vida lhe nega milagres, até que entenda que tudo é um milagre.

A vida encurta seu tempo, para você se apressar em aprender a viver. A vida te ridiculariza até você se tornar nada, ninguém, para então torna-se tudo.

A vida não te dá o que você quer, mas o que você precisa para evoluir.

A vida te machuca e te atormenta até que você solte seus caprichos e birras e aprecie a respiração.

A vida te esconde tesouros até que você aprenda a sair para a vida e buscá-los.

A vida te nega Deus, até você vê-lo em todos e em tudo.

A vida te acorda, te poda, te quebra, te desaponta…

Mas creia, isso é para que seu melhor se manifeste… até que só o AMOR permaneça em ti”.

Bert Hellinger

Junte-se a 5.506 outros seguidores

#SejaEstejaSorria #constelaçãofamiliar #SelmaFlavio #berthellinger #comportamento

Continuar lendo A vida te provoca

Viver o amor

 


Às vezes pensamos que, se estivéssemos sós, seríamos mais livres em nosso desenvolvimento e em nossas possibilidades. A realidade é o inverso. A evolução nos ensina que a associação dos parceiros (não a uniformização associada a uma compulsão totalitária) diferencia cada indivíduo, torna-o mais variável em seu pensar e agir do que quando fica confinado à própria individualidade. Quando, com vistas ao parceiro, temos de nos defrontar com coisas novas e procurar novas formas de equilíbrio interno e externo, isto nos libera um pouco dos próprios esforços, que são freqüentemente cegos, em nosso interior. Ganhamos em variedade e equilíbrio, que são pressupostos imprescindíveis para um certo grau de liberdade. Talvez a melhor maneira de descrever a realização espiritual e simultaneamente a realização sistêmica básica na relação do casal seja utilizar, num sentido um pouco mais amplo, as palavras de Bert Hellinger:

“Eu amo você e amo aquilo que suporta, dirige e desenvolve a você e a mim”.

 

Jakob Robert Schneider

 


Como está o seu relacionamento?

Tem questões a serem trabalhadas?

Selma Flávio – Terapeuta sistêmica e vibracional.

http://www.selmaflavio.com.br / 11-9.7387.3144 whatsapp /selmaflavio@gmail.com

Local: Tatuapé – SP

 


 

Confirmado Vivencia Constelação Familiar


Confirmado sábado dia 5/11  às 10h – Vivência de Constelação Familiar.
ENTRADA GRATUITA – façam sua inscrição.
Para constelar entre em contato.
Pelo fone 11-97387.3144
Local : Tatuapé – SP – 2 min do metrô
 
É indicado para:
 
  • Problemas de relacionamento entre os membros da família;
  • Comportamentos como, tais como: angustia, agressividade, culpa, medo, tristeza, ansiedade, depressão;
  • Relacionamento entre casais, namorados, casados, amante, parceiros anteriores;
  • Tratar questões de conflitos, separação, divorcio, amor;
  • Conflito com filhos;
  • Saúde do filho, sendo ainda criança;
  • Situações ocultas de relacionamento amoroso;
  • Abuso sexual, incesto;
  • Vícios, transtornos;
  • Compartilha de filhos na separação;
  • Herança;
  • Vida profissional;
  • Conflitos e questões empresariais;
  • Pessoas rejeitadas ou excluídas da família;
  • Dificuldades para engravidar, adoção e abortos;
  • Transplante de órgãos, consequências psicológicas e espirituais;
  • Saúde em geral.
 
É útil porque:
 
A capacidade do método de ver a origem da questão, e poder ressignificar a história, transformando-a em soluções e harmonizando as causas em questões.
 
 
>>Mais informações sobre constelação, acesse Os Benefícios da Constelação Familiar

 

O Universo lhe trará o que você precisa se simplesmente o permitir.

de2h

Todos nós passamos por períodos na vida onde imaginamos como alcançaremos o propósito de nossa vida, ou, até mesmo, se temos um propósito. Pode parecer que algo está faltando em nossas vidas e não sabemos como preencher este vazio.

Alguns podem recorrer às drogas, a relacionamentos doentios ou outros comportamentos autodestrutivos em uma tentativa de dar sentido às suas vidas. Talvez acreditemos que não temos o direito de pedir mais ou parece que não há nada mais do que o que podemos ver à nossa frente.

Mas cada um de nós merece o melhor que a vida tem a oferecer.

Mudar a sua mente é o primeiro passo para manifestar o melhor em sua vida.

Lembre-se de que a felicidade não é algo que possa ser encontrado “lá fora”. Ela somente pode vir de dentro, através do amor próprio e da aceitação.

Aprenda a se amar e a confiar na Inteligência Divina dentro de você.

O Universo lhe trará o que você precisa se simplesmente o permitir.

Louise  Hay

Continuar lendo O Universo lhe trará o que você precisa se simplesmente o permitir.

A Felicidade Pertence aos que se Bastam a si Próprios

Continuar lendo A Felicidade Pertence aos que se Bastam a si Próprios

OS HÁBITOS QUE NOS TORNAM INFELIZES

Em algum momento, todos nós já nos queixamos da vida e de toda tristeza que sentimos. Mas reclamar não adianta; o importante é mudar os hábitos que nos tornam infelizes.

Ingratidão

Existem muitas coisas dais quais não gostamos, sonhos que não conseguimos realizar e experiências que deixaram um sabor amargo na boca. Não importa se você acredita que a sua vida é ruim ou se recebe muito menos do que merece, ser grato não significa estar conformado com o que temos, mas agradecer as oportunidades recebidas e continuar buscando tudo o que desejamos.

Para deixar de ser tão infeliz, pare de reclamar daquilo que você não tem e dê valor as oportunidades recebidas. Lembre-se de que, neste momento, alguém está lutando para conseguir o que você já tem.

Pare de evitar as mudanças

A mudança é um aspecto natural da vida e a vivenciamos todos os dias. Ela nos permite melhorar e alcançar nossos objetivos. No entanto, o medo e o comodismo são fatores que podem evitar nosso crescimento. Qualquer situação boa ou ruim que vivemos hoje pode nos levar a um futuro melhor; basta permitir que a mudança aconteça.

Aprenda a viver no presente

Algumas pessoas passam a vida vivendo em outro tempo e lugar. Alguns se arrependem ou se lamentam do passado, pelas oportunidades perdidas ou pelas decisões tomadas. Outros vão mais longe e pensam no trabalho que desejam, imaginam as decisões que tomarão e se animam com que o futuro lhes trará. É importante planejar e traçar metas para o futuro, mas não podemos nos esquecer do presente.

Temos que aprender a viver aqui e agora. Não vale a pena pensar no que já foi e nem mesmo no que virá. As pessoas felizes sabem que devem aprender a viver no presente e tomar as decisões que as levarão para o futuro que desejam.

Cuidado com a autossabotagem

Ninguém pode nos derrubar de forma tão eficiente como nós mesmos. Nossa mente é a arma mais poderosa que temos, e quando a usamos indevidamente, é a mais destrutiva. Devemos prestar atenção aos nossos pensamentos e ao que dizemos a nós mesmos. As pessoas felizes são capazes de dominar a sua mente, de modo que os pensamentos negativos não têm espaço por muito tempo. Ouça a sua conversa interior e substitua os pensamentos negativos por positivos.

Aparentar o que não é

Um dos desafios mais difíceis da vida é reconhecer e aceitar quem realmente somos.Sempre haverá alguém mais alto, mais inteligente ou mais rico que nós, e contra isso não podemos fazer nada. O que nos torna únicos e especiais são as nossas características e individualidade.

Todos esses hábitos são baseados nas decisões que tomamos diariamente na nossa vida. É nossa responsabilidade ser feliz ou infeliz. Tome a decisão de ser feliz e siga em frente.

___

Fonte: A Mente é Maravilhosa

15 coisas que você precisa abandonar para ser feliz

 


WE-HEART-IT_1

1. Desista da sua necessidade de estar sempre certo.

Há tantos de nós que não podem suportar a ideia de estarem errados – querem ter sempre razão – mesmo correndo o risco de acabar com grandes relacionamentos ou causar estresse e dor, para nós e para os outros. E não vale a pena, mesmo. Sempre que você sentir essa necessidade “urgente” de começar uma briga sobre quem está certo e quem está errado, pergunte a si mesmo: “Eu prefiro estar certo ou ser gentil?” (Wayne Dyer) Que diferença fará? Seu ego é mesmo tão grande assim?

2. Desista da sua necessidade de controle.

Estar disposto a abandonar a sua necessidade de estar sempre no controle de tudo o que acontece a você e ao seu redor – situações, eventos, pessoas, etc. Sendo eles entes queridos, colegas de trabalho ou apenas estranhos que você conheceu na rua – deixe que eles sejam. Deixe que tudo e todos sejam exatamente o que são e você verá como isso irá o fazer se sentir melhor.

“Ao abrir mão, tudo é feito. O mundo é ganho por quem se desapega, mas é necessário você tentar e tentar. O mundo está além da vitória.” Lao Tzu

3. Pare de culpar os outros.

Desista desse desejo de culpar as outras pessoas pelo que você tem ou não, pelo que você sente ou deixa de sentir. Pare de abrir mão do seu poder e comece a se responsabilizar pela sua vida.

4. Abandone as conversinhas auto-destrutivas.

Quantas pessoas estão se machucando por causa da sua mentalidade negativa, poluída e repetidamente derrotista? Não acredite em tudo o que a sua mente está te dizendo – especialmente, se é algo pessimista. Você é melhor do que isso.

“A mente é um instrumento soberbo, se usado corretamente. Usado de forma errada, contudo, torna-se muito destrutiva.” Eckhart Tolle

5. Deixe de lado as crenças limitadoras sobre quem você pode ou não ser, sobre o que é possível e o que é impossível. De agora em diante, não está mais permitido deixar que as suas crenças restritivas te deixem empacado no lugar errado. Abra as asas e voe!

“Uma crença não é uma ideia realizada pela mente, é uma ideia que segura a mente.” Elly Roselle

6. Pare de reclamar.

Desista da sua necessidade constante de reclamar daquelas várias, várias, váaaarias coisas – pessoas, momentos, situações que te deixam infeliz ou depressivo. Ninguém pode te deixar infeliz, nenhuma situação pode te deixar triste ou na pior, a não ser que você permita. Não é a situação que libera esses sentimentos em você, mas como você escolhe encará-la. Nunca subestime o poder do pensamento positivo.

7. Esqueça o luxo de criticar. 

Desista do hábito de criticar coisas, eventos ou pessoas que são diferentes de você. Nós somos todos diferentes e, ainda assim, somos todos iguais. Todos nós queremos ser felizes, queremos amar e ser amados e ser sempre entendidos. Nós todos queremos algo e algo é desejado por todos nós.

8. Desista da sua necessidade de impressionar os outros. 

Pare de tentar tanto ser algo que você não é só para que os outros gostem de você. Não funciona dessa maneira. No momento em que você pára de tentar com tanto afinco ser algo que você não é, no instante em que você tira todas as máscaras e aceita quem realmente é, vai descobrir que as pessoas serão atraídas por você – sem esforço algum.

9. Abra mão da sua resistência à mudança.

Mudar é bom. Mudar é o que vai te ajudar a ir de A a B. Mudar vai melhorar a sua vida e também as vidas de quem vive ao seu redor. Siga a sua felicidade, abrace a mudança – não resista a ela.

“Siga a sua felicidade e o mundo abrirá portas para você onde antes só havia paredes” Joseph Campbell

10. Esqueça os rótulos. 

Pare de rotular aquelas pessoas, coisas e situações que você não entende como se fossem esquisitas ou diferentes e tente abrir a sua mente, pouco a pouco. Mentes só funcionam quando abertas.

“A mais extrema forma da ignorância é quando você rejeita algo sobre o que você não sabe nada” Wayne Dyer

11. Abandone os seus medos. 

Medo é só uma ilusão, não existe – você que inventou. Está tudo em sua cabeça. Corrija o seu interior e, no exterior, as coisas vão se encaixar.

“A única coisa de que você deve ter medo é do próprio medo” Franklin D. Roosevelt

12. Desista de suas desculpas.

Mande que arrumem as malas e diga que estão demitidas. Você não precisa mais delas. Muitas vezes nos limitamos por causa das muitas desculpas que usamos. Ao invés de crescer e trabalhar para melhorar a nós mesmos e nossas vidas, ficamos presos, mentindo para nós mesmos, usando todo tipo de desculpas – desculpas que, 99,9% das vezes, não são nem reais.

13. Deixe o passado no passado.

Eu sei, eu sei. É difícil. Especialmente quando o passado parece bem melhor do que o presente e o futuro parece tão assustador, mas você tem que levar em consideração o fato de que o presente é tudo que você tem e tudo o que você vai ter. O passado que você está desejando – o passado com o qual você agora sonha – foi ignorado por você quando era presente. Pare de se iludir. Esteja presente em tudo que você faz e aproveite a vida. Afinal, a vida é uma viagem e não um destino. Enxergue o futuro com clareza, prepare-se, mas sempre esteja presente no agora.

14. Desapegue do apego.

Este é um conceito que, para a maioria de nós é bem difícil de entender. E eu tenho que confessar que para mim também era – ainda é -, mas não é algo impossível. Você melhora a cada dia com tempo e prática. No momento em que você se desapegar de todas as coisas, (e isso não significa desistir do seu amor por elas – afinal, o amor e o apego não têm nada a ver um com o outro; o apego vem de um lugar de medo, enquanto o amor… bem, o verdadeiro amor é puro, gentil e altruísta, onde há amor não pode haver medo e, por causa disso, o apego e o amor não podem coexistir), você irá se acalmar e se virá a se tornar tolerante, amável e sereno… Você vai alcançar um estado que te permita compreender todas as coisas, sem sequer tentar. Um estado além das palavras.

15. Pare de viver a sua vida segundo as expectativas das outras pessoas. 

Pessoas demais estão vivendo uma vida que não é delas. Elas vivem suas vidas de acordo com o que outras pessoas pensam que é o melhor para elas, elas vivem as próprias vidas de acordo com o que os pais pensam que é o melhor para elas, ou o que seus amigos, inimigos, professores, o governo e até a mídia pensa que é o melhor para elas. Elas ignoram suas vozes interiores, suas intuições. Estão tão ocupadas agradando todo mundo, vivendo as suas expectativas, que perdem o controle das próprias vidas. Isso faz com que esqueçam o que as faz feliz, o que elas querem e o que precisam – e, um dia, esquecem também delas mesmas. Você tem a sua vida – essa vida agora – você deve vivê-la, dominá-la e, especialmente, não deixar que as opiniões dos outros te distraiam do seu caminho.

 

Fonte guia.ingresse