Aura Quartz

Arquivos

“ O relacionamento afetivo não é uma relação de ajuda, mas uma relação que ajuda. Ajuda o desenvolvimento pessoal, às vezes por meio da alegria, mas outras vezes por meio do sofrimento e do desânimo conscientemente aceitos. Provavelmente, nada ajuda mais o próprio crescimento que assumir de maneira consciente a dor e dar-lhe um espaço dentro de nós mesmos.”

o existe nada além do processo de acompanhar a si mesmo, ter em mente os vínculos importantes e orientar-se da maneira mais sábia possível para que ninguém tenha que sofrer ou para que possa estar melhor.

As grandes respostas sobre o sentido que vêm do pensamento e da análise mais racional nos apartam do perfume da rosa agora.
Assim, não importa tanto que sentido a vida tem para mim, senão que sentido eu tenho para a vida.

Por acaso o corpo está insatisfeito com si mesmo?
É inimigo de suas doenças, quando na realidade ele mesmo as cria, as escolhe e até leva à própria morte?