Criando União nos Relacionamentos


“O homem, na era da consciência expandida, já não precisa de uma parceira mais fraca como forma de negar a sua fragilidade. Ele enfrenta e encara a sua fragilidade, e assim conquista força real. Ele percebe que sua fraqueza sempre tem origem na culpa, e a auto-rejeição é sempre a negação da integridade do Eu Superior, de uma forma ou de outra. Portanto, já não existe nele a necessidade de ter um escravo. O homem, então, não se sente ameaçado por um igual. Não exige um parceiro inferior para se convencer de que é aceitável o que, naturalmente, de qualquer forma seria uma ilusão. Depois de encarar a própria fraqueza, é preciso que ele conquiste a sua verdadeira força. Portanto, seu relacionamento com a mulher é realmente igualitário; ele não se sente ameaçado por uma pessoa tão criativa, tão adequada tão forte moralmente, tão inteligente como ele mesmo. Não precisa bancar o patrão. Isso permite que ele abra o coração e sinta uma satisfação antes impossível.”

Texto de Eva Pierrakos extraído do livro “Criando União nos Relacionamentos”

 

#SejaEstejaSorria
Terapia Natural e Desenvolvimento pessoal Selma Flávio

*imagem pixabel

Necessita de terapia de casal ou ter orientações para mudar a sua vida amorosa, entre em contato através do formulário abaixo.

Acupuntura e Reiki agora têm explicação científica


Pesquisadores avaliam efeitos e mecanismo de terapias alternativas em animais de laboratório

 

Matheus Lopes Castro

Ricardo Monezi testou o Reiki em ratos com câncer   (Ilustração: Matheus Lopes)

Pesquisas recentes comprovam efeitos benéficos e até encontram explicações científicas para acupuntura e reiki. Estudos sobre o assunto, antes restritos às universidades orientais, ganharam espaço entre pesquisadores americanos, europeus e até brasileiros. Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou uma denominação especial para esses métodos: são as terapias integrativas.

Um artigo sobre o mecanismo da acupuntura contra a dor foi publicado por pesquisadores da Universidade de Rochester na revista Nature Neuroscience em 30 de maio. Criada há quatro mil anos, a prática consiste na aplicação de agulhas em pontos do corpo. Pela explicação tradicional, ela ativa determinadas correntes energéticas para equilibrar a energia do organismo.

Reprodução/ Shutterstock

Cientificamente, as agulhas teriam efeitos no sistema nervoso central (cérebro e espinha dorsal). As células cerebrais são ativadas e liberam endorfina, um neurotransmissor responsável pela sensação de relaxamento e bem-estar. O estudo dos nova-iorquinos descobriu uma novidade: a terapia, que atinge tecidos mais profundos da pele, teria efeitos no sistema nervoso periférico. As agulhas estimulam também a liberação de outro neurotransmissor, a adenosina, com poder antiinflamatório e analgésico.

No experimento com camundongos com dores nas patas, cientistas aplicavam as agulhas no joelho do animal. Eles constataram que o nível de adenosina na pele da região era 24 vezes maior do que o normal e que houve uma redução do desconforto em dois terços.

A equipe tentou potencializar a eficácia da terapia, colocou um medicamento usado para tratar câncer nas agulhas. A droga aprimorou o tratamento: o nível de adenosina  e a duração dos efeitos no organismo dos animais praticamente triplicou e o tempo de duração dos efeitos no organismo dos ratos também triplicou. Mas este método não poderia ser feito em humanos porque o medicamento ainda não é usado clinicamente. “O próximo passo é testar a droga em pessoas, para aperfeiçoá-la ou para encontrar outras drogas com o mesmo efeito”, diz Maiken Nedergaard, coordenadora do estudo.

Reiki

Seus praticantes acreditam nos efeitos benéficos da energia das mãos do terapeuta colocadas sobre o corpo do paciente contra doenças. Para entender as alterações biológicas do reiki, o psicobiólogo Ricardo Monezi testou o tratamento em camundongos com câncer. “O animal não tem elaboração psicológica, fé, crenças e a empatia pelo tratador. A partir da experimentação com eles, procuramos isolar o efeito placebo”, diz. Para a sua pesquisa na USP, Monezi escolheu o reiki entre todas as práticas de imposição de mãos por tratar-se da única sem conotação religiosa.

No experimento, a equipe de pesquisadores dividiu 60 camundongos com tumores em três grupos. O grupo controle não recebeu nenhum tipo de tratamento; o grupo “controle-luva” recebeu imposição com um par de luvas preso a cabos de madeira; e o grupo “impostação” teve o tratamento tradicional sempre pelas mãos da mesma pessoa.

 

Ricardo Monezi

Imposição de mãos nos grupos “Controle-Luva” e “Impostação”, respectivamente (imagens retiradas do mestrado de Monezi)

Depois de sacrificados, os animais foram avaliados quanto a sua resposta imunológica, ou seja, a capacidade do organismo de destruir tumores. Os resultados mostraram que, nos animais do grupo “impostação”, os glóbulos brancos e células imunológicas tinham dobrado sua capacidade de reconhecer e destruir as células cancerígenas.

“Não sabemos ainda distinguir se a energia que o reiki trabalha é magnética, elétrica ou eletromagnética. Os artigos descrevem- na como ‘energia sutil’, de natureza não esclarecida pela física atual”, diz Monezi. Segundo ele, essa energia produz ondas físicas, que liberam alguns hormônios capazes de ativar as células de defesa do corpo. A conclusão do estudo foi que, como não houve diferenças significativas nos os grupos que não receberam o reiki, as alterações fisiológicas do grupo que passou pelo tratamento não são decorrentes de efeito placebo.

A equipe de Monezi começou agora a analisar os efeitos do reiki em seres humanos. O estudo ainda não está completo, mas o psicobiólogo adianta que o primeiro grupo de 16 pessoas, apresenta resultados positivos. “Os resultados sugerem uma melhoria, por exemplo, na qualidade de vida e diminuição de sintomas de ansiedade e depressão”. O trabalho faz parte de sua tese de doutorado pela Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp).

E esses não são os únicos trabalhos desenvolvidos com as terapias complementares no Brasil. A psicobióloga Elisa Harumi, avalia o efeito do reiki em pacientes que passaram por quimioterapia; a doutora em acupuntura Flávia Freire constatou melhora de até 60% em pacientes com apneia do sono tratados com as agulhas, ambas pela Unifesp. A quantidade pesquisas recentes sobre o assunto mostra que a ciência está cada vez mais interessada no mecanismo e efeitos das terapias alternativas.

 

fonte: RevistaGalileu

 

 


Sessão com Reiki – consulte – Selma 11 973873144 – WhastApp
Vila Prudente – SP
www.selmaflavio.com.br


 

As feridas do círculo familiar são as que mais demoram para sarar


Não podemos permitir que um passado familiar disfuncional e traumático afete o nosso presente e o nosso futuro. Devemos ser capazes de superá-lo e nos curarmos para sermos felizes.

 

As feridas geradas no círculo familiar causam traumas, carências profundas e vazios que nem sempre conseguimos reparar.

 

O impacto decorrente de um pai ausente, uma mãe tóxica, uma linguagem agressiva, gritos ou uma criação sem segurança e afeto trazem mais do que a clássica falta de autoestima ou os medos que é tão difícil superar.

Muitas vezes a dificuldade para resolver muitos destes impactos íntimos e privados está em um cérebro que foi ferido muito cedo.

Não podemos nos esquecer de que o estresse experimentado ao longo do tempo em idades jovens faz com que a arquitetura de nosso cérebro mude, e com que estruturas associadas às emoções sejam alteradas.

Tudo isso traz como consequência uma maior vulnerabilidade, um desamparo mais profundo que leva a um risco maior na hora de sofrermos de determinados transtornos emocionais.

A família é nosso primeiro contato com o mundo social, e se este contexto não nutre nossas necessidades essenciais, o impacto pode ser constante ao longo de nosso ciclo vital.

Vejamos a seguir, detalhadamente, por que é tão difícil superar estas feridas sofridas na época mais inicial de nossas vidas.

 

O último cenário em que alguém pensa que vai ser ferido, traído, decepcionado ou até abandonado é, sem dúvida, no seio de sua família.

No entanto, isso ocorre com mais frequência do que imaginamos.

Estas figuras de referência que têm como obrigação dar-nos o melhor, oferecer confiança, ânimo, positividade, amor e segurança às vezes falham voluntária ou involuntariamente.

Para uma criança, um adolescente e até para um adulto, experimentar esta traição ou esta decepção no seio familiar supõe desenvolver um trauma para o qual nunca estamos preparados.

A traição ou a carência gerada na família é mais dolorosa do que a simples traição de um amigo ou companheiro de trabalho. É um atentado contra a nossa identidade e nossas raízes.

A ferida de uma família é herdada por gerações

Uma família é mais do que uma árvore genealógica, um mesmo código genético, que ter os mesmos sobrenomes.

 

Uma família é mais do que uma árvore genealógica, um mesmo código genético, que ter os mesmos sobrenomes.

 

  • As famílias compartilham histórias e legados emocionais. Muitas vezes estes passados traumáticos são herdados de geração em geração de muitas formas.
  • A epigenética nos lembra, por exemplo, que tudo que acontece em nosso ambiente mais próximo deixa um impacto em nossos genes.
  • Assim, fatores como o medo, o estresse intenso ou os traumas podem ser herdados entre pais e filhos.
  • Isso faz com que, em alguns casos, sejamos mais ou menos suscetíveis a sofrer de depressão ou reagir com melhores ou piores ferramentas diante de situações adversas.

Ainda que estabeleçamos distância de nosso círculo familiar, as feridas seguem presentes

Em um dado momento, finalmente tomamos coragem: dizemos “chega” e cortamos este vínculo prejudicial para estabelecer uma distância da família disfuncional e traumática.

No entanto, o simples fato de decidirmos dizer adeus a quem nos fez mal não traz, por si só, a cura da ferida. É um princípio, mas não a solução definitiva.

Não é nada fácil deixar para trás uma história, dinâmicas, lembranças e vazios.

Muitas destas dimensões ficam presas à nossa personalidade, e inclusive em nosso modo de nos relacionarmos com os demais.

As pessoas com um passado traumático costumam ser mais desconfiadas, têm mais dificuldade em manter relações sólidas.

Quem foi ferido precisa, além disso, se sentir reafirmado; anseia que os demais preencham estas carências, por isso muitas vezes se sentem frustrados porque poucas pessoas lhes oferecem tudo de que precisam.

Podemos chegar a questionar a nós mesmos

 

Este talvez seja o mais complexo e triste.

A pessoa que passou grande parte do seu ciclo vital em um lugar disfuncional ou no seio de uma família com estilo de criação negativo pode chegar a ver a si mesmo como alguém que não merece ser amado.

A educação recebida e o estilo de paternidade ou de maternidade em que fomos criados define as raízes da nossa personalidade e nossa autoestima.

O impacto negativo destas marcas é muito intenso; assim, muitas vezes a pessoa pode ter dúvida sobre a sua própria eficácia, sua valia como pessoa ou até se é digno ou não de cumprir seus sonhos.

Nosso círculo familiar pode nos dar asas ou pode arrancá-las. Isso é algo triste e devastador, mas verdadeiro.

No entanto, há algo de que nunca podemos nos esquecer: ninguém pode escolher quem serão seus pais, seus familiares, mas sempre chegará um momento em que teremos a capacidade e a obrigação de escolher como vai ser nossa vida.

Escolher ser forte, ser feliz, livre e maduro emocionalmente é algo essencial, daí a necessidade de superar e curar nosso passado.

 

Fonte melhorcomsaude

 

Hoje podemos olhar para nossos padrões negativos de comportamento,  através do trabalho com Constelação Familiar, olhamos diretamente a origem do trauma, onde tudo começou. Ressignificamos e temos um novo olhar e uma forma  nova de lidar com as situações.

Leia como é possível   Constelação Familiar 

 

 

Veja o que a Marta falou sobre sua labirintite

Essa pratica milenar, faz verdadeiro milagre,

Essa pratica milenar, faz verdadeiro milagre, imagine sem dor de ouvido, sua zonzeira, dores cabeça e os excesso de barulhos e zumbidos .

O uso do Cone Hindu – pratica milenar – é indicado para tratar os ouvidos, como dores dos ouvidos, otites excesso de barulhos e zumbidos.
Pode ser aplicado em crianças, idosos e adultos, sem efeito colateral.
A prática terapêutica do Cone Hindu aqui apresentada é vista como uma terapia complementar ao tratamento médico adequado, acelerando o processo de melhora.

Informações pelo telefone (11) 9.7387.3144 (whatsApp) – Selma 
Local: VILA PRUDENTE – próximo ao metrô

 

cone-chins-cone-hindu-7246-MLB5183456958_102013-O

O Cone Hindu, conhecido também como Cone Chinês, é uma terapia que tem como principal objetivo a desobstrução dos canais energéticos , desobstrução do ouvido, nariz e garganta.

Trata-se de uma técnica popular passada de geração a geração. Utilizada há mais de três mil anos pelos hindus para limpar os ouvidos e canais respiratórios e pelas elites religiosas das grandes civilizações, como sacerdotes maias e monges tibetanos para obter centralização, alinhamento e harmonização de pensamentos, sentimentos, emoções e todos os demais aspectos que, quando em equilíbrio favorecem a conexão com a divindade, a comunicação com as esferas superiores.

Como são produzidos?

Os cones são produzidos com cera de abelha, puro algodão .

 

 

Contraindicações:

Processos cirúrgicos recentes.

Indicações para a utilização do Cone Hindu:

  • Alinhamento dos Chakras.
  • Alergias respiratórias.
  • Ansiedade, estresse, nervosismo.
  • Dores de cabeça e enxaquecas.
  • Eliminação de energia intrusa.
  • Estados de gripais.
  • Excesso de cerúmen.
  • Excesso de energia em pontos específicos.
  • Excesso de mucosidade (ouvido, nariz e garganta).
  • Falta de centralização energética, física e espiritual.
  • Insônia.
  • Labirintopatia.
  • Otalgias.
  • Perda de audição por bloqueio de secreções.
  • Redução olfativa.
  • Síndrome de Meniére.
  • Sinusite aguda ou crônica.
  • Tensão nervosa.
  • Tonturas sem causas definidas.
  • Zumbidos e vertigens.

 A terapia também pode ter efeito semelhante a uma sessão de massagem.

Benefícios Terapêuticos do Cone Hindu:

  • Acalma o sistema nervoso.
  • Ativa a  circulação nos ouvidos.
  • Aumento da atenção, da percepção e da intuição.
  • Auxilia no redirecionamento da vida.
  • Cessa os sintomas físicos causados pelos desequilíbrios energéticos.
  • Desintoxica os sinus.
  • Desobstrui o ouvido, nariz e garganta.
  • Desobstrui o sistema linfático.
  • Eleva o padrão vibratório.
  • Estimula o SNC proporcionando clareza na audição e na visão, melhorando o paladar e o olfato.
  • Facilita o desenvolvimento mediúnico.
  • Fortalece o sistema imunológico.
  • Realinha os chakras.
  • Promove a centralização energética, emocional e espiritual.
  • Purifica a energia.
  • Traz clareza aos pensamentos.

Outros benefícios: 

  • Elimina as dores musculares.
  • Tratamento eficaz   das dores da ciática.
  • Alivio em dores de desgastes ósseos.
  • Tratamento para alergias respiratórias.
  • Relaxamento muscular.
  • Elimina dores nas costas e coluna.

 

Confira os depoimentos:-

 

        Tamires Laurindo 

Quando resolvi fazer a técnica do cone chines a principio foi devido ao acúmulo de cera no ouvido, mas após a realização, toda a dor de ouvido que eu tinha desapareceu e em uma única vez de aplicação. Durante o tratamento foi bastante relaxante, promovendo uma sensação de bem estar prolongada, quando o processo foi realizado no outro ouvido foi que consegui sentir plenamente que meus ouvidos estavam limpos. Não ouve dor na aplicação nem desconforto, apenas sensações prazerosas e relaxantes. Super recomendo!

Leia mais

 

Cintia Lourenço — Nossa, sem palavras…Fiz ontem, o relaxamento é instantâneo. Não estou sentindo mais o incomodo e zumbido que estava sentindo, sem dizer o relaxamen…

Marta Nascimento — Ontem passei por uma sessão, e é maravilhoso! Estava com uma coceira que estava me irritando demais, e a audicao estava diminuida, já tinha até marca…

Teofilo Rodrigues — Por já ter utilizado com sucesso, recomendo o tratamento com esta medicina natural que é milenar. Aproveite o preço que a Terapeuta esta oferecendo co…

AGENDE VOCÊ TAMBÉM!
11.9.7387.3144  whatsApp

AULA INAUGURAL gratuita – QUEBRA DE CRENÇAS / INVESTIGAÇÃO E MUDANÇA


Treinamento voltado inteiramente para as quebras de crenças, na busca e resoluções do processo que impedem a prosperidade e viver plenamente o que você tem direito.

Encontrará suas crenças limitantes transformando-o em despertar para o sucesso.

O que falaremos:

O que são Crenças Limitantes? Como o próprio nome diz, são coisas que acreditamos e que nos limitam de alguma forma.

Vamos explorar um pouco sobre a natureza das crenças e como são formadas antes de identificá-las, mudá-las ou fortalecê-las. Utilizar o poder de uma crença pode e vai mudar profundamente a sua vida em todos os níveis.

O que vai conhecer:

PNL ERICKSONIANA
AUTO HIPINOSE
MANTRAS
MEDITAÇÃO GUIADA
RENASCIMENTO
XAMANISMO POVO IHOMPA

FACILITADOR: Djanä Gyatsu Dasa

. Monge/Shamâ pela linhagem Bön Tibetana
. Com formação em medicina pela Universidade de Lisboa,
. Pós graduado em medicina da Dor pela Universidade de Tókio.
. Especialização em medicina tropical pela Universidade Federal do Amazonas.
. Mestrado em Psiquiatria pela U.S.P. e
. Doutorado em: Psiquiatria sem remédios, e medicina tradicional Chinesa e Japonesa pela Universidade de Tókio.
. Formado em Mestre Reiki pela The Reiki Alliance, pela Mestra Phillis Lei Furumotto.
. Formado em Mestre Karuna-Reiki pelo The Center For Reiki Training, pelo Mestre Willian Lee Rand.
. Atingiu o grau de Lama e Mestre em Cura Knobö , no planalto Tibetano no Dhammapasa-Templo da Luz Interior, sob a supervisão do Lama e Mestre Djeng Myidiá Dollup Dasa.

Perguntas frequentes:

O que posso levar para o evento?

1 KILO DE ALIMENTO NÃO PERECÍVEL 

Como posso entrar em contato com o organizador se tiver perguntas?

Pelo e-mail blog@selmaflavio.com.br / Selma 11 973873144 WhastApp

Quais são minhas opções de transporte/estacionamento para chegar no evento?

Estamos a 10 minutos caminhando do metrô Vila Prudente

INSCRIÇÃO E INFORMAÇÕES

blog@selmaflavio.com.br
Selma 11 973873144 WhatsApp

 


 

QUEBRA DE CRENÇAS / INVESTIGAÇÃO E MUDANÇAS


QUEBRA DE CRENÇAS / INVESTIGAÇÃO E MUDANÇAS

Treinamento voltado inteiramente para as quebras de crenças, na busca e resoluções do processo que impedem a prosperidade e viver plenamente o que você tem direito.

Encontrará suas crenças limitantes transformando-o em despertar para o sucesso.

Veremos nesse encontro:

O que são Crenças Limitantes? Como o próprio nome diz, são coisas que acreditamos e que nos limitam de alguma forma. Vamos explorar um pouco sobre a natureza das crenças e como são formadas antes de identificá-las, mudá-las ou fortalecê-las. Utilizar o poder de uma crença pode e vai mudar profundamente a sua vida em todos os níveis.

– 6 (seis) encontros, um ao mês,
– Transformação na vida pessoal.

Sáb 10 de março de 2018
09:00 – 18:00
Local:  Espaço Aura Quartz / Vila Prudente Ver mapa

Investimento:

– Compra pelo site parcelado até 6 vezes sem juros;
– A vista em dinheiro ou depósito desconto de 10% – antes de fechar o pagamento pelo site entre em contato 11 973873144 WhatsApp

Compre clicando aqui

– Outras formas de pagamento, entrar em contato 11 973873144 WhatsApp. Esteja presente nesse evento transformador.

 

 

FACILITADOR:
Djanä Gyatsu Dasa

. Monge/Shamâ pela linhagem Bön Tibetana
. Com formação em medicina pela Universidade de Lisboa,
. Pós graduado em medicina da Dor pela Universidade de Tókio.
. Especialização em medicina tropical pela Universidade Federal do Amazonas.
. Mestrado em Psiquiatria pela U.S.P. e
. Doutorado em: Psiquiatria sem remédios, e medicina tradicional Chinesa e Japonesa pela Universidade de Tókio.
. Formado em Mestre Reiki pela The Reiki Alliance, pela Mestra Phillis Lei Furumotto.
. Formado em Mestre Karuna-Reiki pelo The Center For Reiki Training, pelo Mestre Willian Lee Rand.
. Atingiu o grau de Lama e Mestre em Cura Knobö , no planalto Tibetano no Dhammapasa-Templo da Luz Interior, sob a supervisão do Lama e Mestre Djeng Myidiá Dollup Dasa.

 


 

SIMPATIAS PARA O ANO NOVO – 2018


Ano novo que se aproxima e quase todo mundo tem aquela tradicional simpatia para garantir um ano cheio de coisas boas, né? Superstição ou não, não custa tentar e canalizar boas energias e pensamentos positivos não faz mal a ninguém. Confira algumas simpatias para quem busca amor, dinheiro, sucesso, entre outros, para 2018 

  • Na ceia do ano novo, coma, pelo menos, uma colher de lentilha. Dica para quem busca fartura durante o ano inteiro, o alimento, que cresce quando é cozido, garante também o seu crescimento.
  •  Pule sete ondas depois da virada e faça um desejo para cada uma. Depois de terminar, saia do mar devagar, andando de costas para a areia, sempre encarando o mar. Só vire as costas para a água quando sair completamente do mar, para deixar por lá toda a energia negativa.
  • Para conquistar um novo amor: compre um quartzo rosa, deixe-o submerso em água e sal grosso de um dia para o outro, no dia seguinte depois de passa-lo em água corrente, deixe-o exposto ao sol durante, no mínimo, uma hora. Use esse quartzo rosa na virada do ano, mantendo o na bolsa ou na cabeceira da cama durante todo o ano.
  • Simpatia para garantir dinheiro nos 12 meses: no dia da virada, coma 12 gomos de uva e separe as sementes. Envolva-as em um guardanapo e guarde-as na carteira durante o ano todo.
  • Se você busca muita sorte, deve começar, no dia 31 de dezembro, a varrer toda sua casa dos fundos para a frente. Não coloque o lixo na lixeira. Este ritual permite renovar a energia da casa e atrair a sorte para sua vida, neste ano que está chegando.
  • Guarde também na carteira uma folha de louro, para atrair dinheiro, e deixe-a lá até o final do próximo ano, quando ela deve ser substituída.

 Vestir cores

Aliás, com esses looks, impossível não atrair coisas boas nem que sejam elogios ♥ Confira o significado das cores para o ano novo:

Branco: é a cor que simboliza paz e harmonia. Para atrair energias pra lá de boas para o ano que vem ;)

Amarelo: cor para quem busca ter dinheiro e prosperidade em 2018. Além disso, simboliza felicidade, otimismo e desperta animação.

Dourado: para aqueles que buscam riqueza e estabilidade financeira. Assim como o amarelo, representa alegria e abundância.

Azul: tom que transmite serenidade, harmonia e saúde.

Verde: para começar com o pé direito e muita sorte, a cor é associada à estabilidade, fertilidade e esperança.

Rosa: é indicado para quem busca um romance especial ou encontrar o amor verdadeiro. Simboliza ternura, delicadeza e muito companheirismo.

Vermelho: Amor, desejo, paixão são os sentimentos representados pela cor vermelha.

Laranja: cor vibrante que emite boas energias, coragem e espírito jovem.

Para entrar o ano com as energias renovadas:

No último dia do ano, tome um banho caprichado de ervas. Ferva água e coloque folhas de arruda, alecrim, manjericão e hortelã. Quando ficar morna, jogue a mistura sobre a cabeça e deixe escorrer pelo corpo. Dizem que as energias negativas vão embora pelo ralo com a água.